7 de nov. de 2020

Perseverar ou abandonar

José Bernardo.

Quanto o líder deve insistir em uma estratégia que não funcionou inicialmente? Perseverar ou abandonar, essa questão perturba o sono de muitos líderes e gestores no mundo, principalmente quando já fizeram investimentos significativos. Na igreja e ministério, o tema está enraizado na importância espiritual de perseverar na fé. Para enfrentá-lo, Paulo usou a figura da ‘porta’. Aos colossenses ele disse: “Ao mesmo tempo, orem também por nós, para que Deus abra uma porta para a nossa mensagem, a fim de que possamos proclamar o mistério de Cristo, pelo qual estou preso” Cl 4:3. Em qualquer circunstância, o apóstolo perseverava no propósito - ‘proclamar o mistério de Cristo’; considerava cada situação como oportunidade para cumprir o propósito - ‘pelo qual estou preso’; também buscava melhores oportunidades – ‘que Deus abra uma porta’. Persevere no propósito em qualquer situação e busque as melhores oportunidades para cumpri-lo. Isso é liderança bíblica.

Siga @josebernardo.job no Instagram
#liderançacristã #liderançaevangélica #liderançabíblica

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É bem vindo seu comentário que honre e exalte a santidade do Senhor.