31 de out. de 2020

A vitalidade da missão

José Bernardo.

No final do século passado, na esteira do movimento por qualidade, muitos empreendimentos escreveram suas missões. Na maioria, a disparidade entre falar e querer as inutilizou. Missão não se escreve, descreve-se. Se a missão é uma bússola para qualquer instituição, nas organizações do terceiro setor ela é o motor, mas, para a Igreja e o ministério, é a própria vida. Veja como Paulo se referiu a ela: “Todavia, não me importo, nem considero a minha vida de valor algum para mim mesmo, se tão-somente puder terminar a corrida e completar o ministério que o Senhor Jesus me confiou, de testemunhar do evangelho da graça de Deus” At 20:24. Tenha certeza de que a missão da igreja ou ministério é sua vida e a vida de cada membro. Lembre-se que a missão bíblica é a comunicação do Evangelho, não permita acréscimos ou reduções. Isto é liderança bíblica.

Siga @josebernardo.job no Instagram
#liderançacristã #liderançaevangélica #liderançabíblica

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É bem vindo seu comentário que honre e exalte a santidade do Senhor.