30 de out. de 2020

O financiamento ministerial

José Bernardo.

Muitas organizações do terceiro setor começam levantando recursos para cumprir uma missão e logo cumprem qualquer missão para levantar recursos. O grande desafio nas ONGs é encontrar doadores fora do grupo de beneficiários dos seus serviços. Muitos ministérios e até igrejas pensam do mesmo modo, e andam pelo mesmo caminho, por exemplo, tentando formar grupos de empresários que patrocinem seus projetos. Desde o Antigo Testamento, Deus estabeleceu um plano de sustento no ministério: “Tragam o dízimo todo ao depósito do templo, para que haja alimento em minha casa...” Ml 3:10. O modelo divino integra o sustento ministerial à adoração: os fiéis recebem o serviço espiritual e sustentam materialmente aqueles que os servem. Quando isso não funciona, há algo muito errado. Os recursos seguem o serviço. Certifique-se de servir espiritualmente. Garanta o sustento de quem serve no ministério. Essa é a vontade de Deus. Isto é liderança bíblica.

Siga @josebernardo.job no Instagram
#liderançacristã #liderançaevangélica #liderançabíblica

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É bem vindo seu comentário que honre e exalte a santidade do Senhor.