11 de dez. de 2019

1. Os nativos digitais

Série GenZ por José Bernardo

A sociologia estuda as gerações e o que as define. Nascidos entre meados da última década do século 21 até o meio da primeira década do novo milênio, a geração que hoje começa ou termina sua juventude é caracterizada por ter nascido dentro da Web e se comunicar principalmente por vídeos, voz e usar smartphones. No Brasil, o evento definidor foi o golpe pela hegemonia cultural promovido pelo Partido dos Trabalhadores. A nova geração viu o aparelhamento ideológico de suas escolas e sofreu todo o impacto das estratégias de desconstrução que levaram aquele partido ao poder e o mantiveram lá.

Ambos os eventos causaram um distúrbio do pensamento. Por exemplo, os jovens brasileiros têm baixíssima capacidade de compreensão e interpretação de textos, mas são os mais prontos a opinar. Podem não saber o que é, mas foram induzidos a dar opinião que acreditam ser própria, inteligente e atualizada. Quando pensamos que a fé cristã se constrói pelo conhecimento da Palavra de Deus escrita, a incapacidade de ler da terceira oralidade é um obstáculo difícil de transpor. Semelhante aos mundanos, os jovens evangélicos têm opiniões teológicas que parecem firmes, mas são como casas construídas sobre a areia, sem resistência a tempestades.

Sobre isso, Jesus disse: “Vocês estão enganados porque não conhecem as Escrituras nem o poder de Deus!” Mt 22:29. Aquela geração, como essa, não compreendia e nem interpretava as Escrituras corretamente, por isso eram ignorantes quanto à eternidade. Um dos esforços que temos feito é de levar adolescentes e jovens a uma leitura emocional das Escrituras. Usando princípios do psicodrama, reeditamos a exegese, hermenêutica e liturgia do texto para teatralizar, dramatizar e encenar. Com isso conseguimos o engajamento com as Escrituras, na medida em que a Geração Z achou-se protagonista da narrativa bíblica e ensaiou os papeis que deveria imitar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É bem vindo seu comentário que honre e exalte a santidade do Senhor.