24 de fev de 2019

Amor

O amor que se prega nesses dias
é como uma casa sem o alicerce.



“Respondeu Jesus: ‘O mais importante é este: ‘Ouve, ó Israel, o Senhor, o nosso Deus, o Senhor é o único Senhor. Ame o Senhor, o seu Deus...’” Mc 12:29,30. Ao citar o Shemá (Dt 6:4,5) como resposta para o mandamento prioritário, que vem antes dos outros, Jesus lembrou seus ouvintes da exclusividade do relacionamento com Deus como Senhor, o dono de tudo. Esse relacionamento deve consistir em amor e refletir-se em amor também nos relacionamentos humanos. Uma religião que prega amor ao próximo, mas não se submete primeiro ao senhorio de Deus não é bíblica, não é o cristianismo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É bem vindo seu comentário que honre e exalte a santidade do Senhor.