24 de fev de 2019

Inteligência

É preciso inteligência, especialmente
para perguntar o que ainda não sabemos.


“Ele lhes respondeu: ‘Não lhes compete saber os tempos ou as datas que o Pai estabeleceu pela sua própria autoridade. Mas receberão poder quando...’” At 1:8. Ter uma mente inquiridora, questionadora, pode ser de grande valor no trabalho missionário, como em qualquer liderança. A questão é que nem todas as perguntas e questionamentos são produtivos. Jesus falava sobre o que e como os discípulos deveriam fazer, mas eles queriam saber sobre quando e o que Deus faria. Jesus lhes disse que aquilo não lhes pertencia e insistiu que se concentrassem no que realmente era importante para a missão deles.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É bem vindo seu comentário que honre e exalte a santidade do Senhor.