2 de out de 2017

Liberdade

José Bernardo


Aprendi que precisamos correr livremente para alcançar um objetivo. Não há objetividade quando falta a liberdade. Todos os dias vemos pessoas que falham no cumprimento de sua missão e no atingimento de seus objetivos. Isso acontece porque se deixam escravizar por todo o tipo de diversões e distrações, saindo do caminho que lhes levaria ao sucesso. 

Finish line por Kim Roberti

Depois de descrever os heróis da fé no capítulo 11, o autor da Carta aos Hebreus propôs a figura de uma corrida nos primeiros versículos do capítulo 12. Os heróis da fé, pessoas que completaram a mesma corrida que corremos agora, nos incentivam com o sucesso que tiveram em Deus e o prêmio que receberam por isso. Para imitá-los, devemos nos livrar, isto é, colocar de lado todo o peso desnecessário. Nisso não se inclui o pecado que é mencionado separadamente. Portanto, há muitas coisas que, sem ser pecado, atrapalham nossa corrida e impedem o sucesso espiritual. O pecado também deve ser colocado de lado. Estando livres, ainda devemos correr com perseverança. O autor explica isso também. Corremos com perseverança quando olhamos e pensamos no exemplo de Cristo, quem não somente inspira como também torna real a nossa fé. Olhar para Cristo completa a ideia de objetividade, o deixar de lado todo o peso desnecessário. Pensar em Cristo leva o incentivo que recebemos da grande nuvem de testemunhas ao nível seguinte, não há herói da fé como Jesus. É fácil perceber, então, que a intenção dessa passagem é que deixemos de lado o peso extra que nos impede de correr a corrida proposta, a corrida da santificação e do ministério. Paulo falou sobre isso a Timóteo: "Nenhum soldado se deixa envolver pelos negócios da vida civil, já que deseja agradar aquele que o alistou." 2Tm 2:4. Ali, o peso extra eram os negócios da vida civil, coisas como o casamento, a carreira, as compras ou a riqueza. Jesus foi além e disse que nem mesmo aos familiares mais próximos devemos amar de modo que isso impeça nosso relacionamento com Jesus. Não penso que chegue o momento, enquanto vivemos aqui, em que estejamos completamente livres para avançar em nossa corrida espiritual. Buscar a liberdade é um exercício contínuo. Agora mesmo precisamos avaliar nossa vida é identificar coisas que estão nos atrasando e impedindo, então é necessário colocar essas coisas de lado. Se fizermos isso, alcançaremos o sucesso espiritual e seremos felizes. Portanto, "não se cansem nem desanimem".
............................................
José Bernardo
Siga o meu blog: www.sejamsantos.org
curta minha página: www.fb.com/josebernardo.job
siga-me no Instagram: @josebernardo.amme
............................................
Foto: Finish line by Kim Roberti
............................................
#JoséBernardo #SejamSantos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É bem vindo seu comentário que honre e exalte a santidade do Senhor.