16 de jul de 2017

Falar é fazer

Aprendi que evangelizar é agir pela proclamação da Palavra, exatamente como Deus fez. Pela Palavra Deus criou tudo o que existe; a Bíblia é suficiente. Sabemos que, pela Palavra de Deus o universo foi formado (Hb 11:3). Como qualquer outra atividade seria ainda superior à proclamação da Palavra de Deus? É o conhecimento da Verdade que traz liberdade verdadeira e integral. Foi isso o que Jesus disse: "Se vocês permanecerem firmes na minha palavra, verdadeiramente serão meus discípulos. E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará" Jo 8:31,32.

Duccio di Buoninsegna, Appearance on the Mountain in Galilee (detalhe)
1308 a 1311


A evangelização não é corretamente descrita como ‘falar apenas’. Falar é fazer, portanto a evangelização não precisa ser complementada com outros fazeres. Nenhuma obra que a Igreja invente ou se sinta pressionada a fazer se equipara a proclamar, ensinar, testemunhar e representar a Palavra de Deus, nenhuma pode produzir o mesmo resultado, a mesma libertação. Quando levamos as pessoas a buscarem o Governo de Deus sobre suas vidas acima de tudo, as demais coisas lhes são acrescentadas, temos certeza disso. Não discuto o evangelizar no lugar da ação social, nem acho que a Igreja deve se esforçar pelas duas coisas. Não é nessa dualidade que haveria integridade, porque nada falta ao fazer discípulos quando lhes ensinamos todas as coisas que Jesus nos ordenou. O que estou proclamando da parte de Deus é que a evangelização verdadeira é a suficiente, abrangente e exclusiva ação da Igreja. Quando comunicamos a Palavra de Deus atendemos ao homem todo: espiritual, emocional, física e socialmente. Por isso Jesus disse àqueles que se aproximavam dele em busca de pão: “Não trabalhem pela comida que se estraga, mas pela comida que permanece para a vida eterna, a qual o Filho do homem lhes dará. Deus, o Pai, nele colocou o seu selo de aprovação" João 6:27. Quando aquelas pessoas quiseram saber o que deviam fazer, Jesus lhes disse que o Pai queria que cressem naquele a quem ele enviou. Ora, a fé vem pelo ouvir a Palavra de Cristo. Ainda repartiremos o nosso pão com os necessitados, curaremos suas feridas, hospedaremos às nossas expensas, mas faremos isso porque nosso caráter foi transformado pela Palavra que agora proclamamos. Nossa missão, entretanto, é ir por todo o mundo e pregar o Evangelho a toda criatura. Que Deus nos livre da confusão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É bem vindo seu comentário que honre e exalte a santidade do Senhor.