23 de fev de 2017

Os melhores dias

12/100

“Do tempo em que se amarrava
cachorro com linguiça.”

Não sendo propriamente um dito, essa expressão pitoresca serve como adjetivo para explicar algum tempo ou situação hipotética que seria muito superior ao presente. Pode referir-se a um tempo de maior confiabilidade das pessoas e das coisas, quando um cachorro não fugiria, mesmo amarrado com linguiça; um tempo de tanta fartura em que usar linguiça para amarrar um cachorro não traria falta. Contudo, sendo óbvio que não houve um tempo assim, é mais provável que a expressão se refira a algo que não existiu, como quando se diz ‘o dia de São Nunca’ ou ‘o lugar onde Judas perdeu as botas’. É uma expressão neutra, exceto por ser usada frequentemente para reclamar do presente e demonstrar desgosto com o que se tem.

A Palavra de Deus
“Lembre-se do seu Criador nos dias da sua juventude, antes que venham os dias difíceis e antes que se aproximem os anos em que você dirá: ‘Não tenho satisfação neles’” Eclesiastes 12:1.

[V] Os versículos seguintes são usados para fazer uma descrição dramática da velhice, como um tempo em que haverá muito para reclamar, a advertência que inicia o texto também o conclui (v. 6). Duas vezes o ouvinte é instado a se lembrar, colocar uma marca para reconhecer, considerar; portanto, ouvir, atender, dar a Deus a devida importância em sua vida.

[O] A descrição que o pregador faz da velhice não tem o propósito de insultar algo que sabe ser inevitável. Ele quer apressar a medida preventiva que urge no início e no final do texto: lembrar do Criador enquanto se é jovem. Portanto, a lição que transmite é que não vivamos de um modo que teremos saudade do passado, mas que façamos imediatamente o que é necessário para ainda termos contentamento no futuro. Antecipar-se, ser proativo, preparar-se para o futuro, essa é a Palavra de Deus.


[S] Essa medida preventiva não é estranha para uma sociedade que faz seguro de vida e planos de aposentadoria. Nosso grande plano para o futuro, no entanto, deve ser valorizar Deus no presente, dar-lhe ouvido, cumprir sua vontade. Isso vai garantir que não pensemos com saudade sobre o passado, como um tempo em que as coisas eram melhores. Havendo vivido nossa história com Deus, olharemos sempre para o presente como o melhor tempo de nossa vida. E isso começa agora! Coloque em seu coração o propósito de lembrar-se de Deus, pensar nele, ouvi-lo e atende-lo hoje.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É bem vindo seu comentário que honre e exalte a santidade do Senhor.