10 de fev de 2016

Falha sistêmica

José Bernardo

Os 500 anos da Reforma Protestante serão celebrados em 2017. Por isso, o tema da 19a Consciência Cristã, o maior evento de apologia, é tão oportuno: ‘A tua palavra é a verdade’. Ao retomar o ‘Sola Scriptura’, porém, encontraremos o enorme obstáculo que o ídolo modernista da Teologia Sistemática representa para a fé bíblica.

A demanda Renascentista de explicar a glória divina acima do frágil alicerce de uma escolástica mal curada reduziu Deus à compreensão humana e embalsamou a Reforma. Indicadores dessa impiedade são o fato de que o estudante médio desconhece outra forma de teologia e que o estudo teológico é reconhecidamente desespiritualizante. Mãe de todas as heresias, a sistematização do conhecimento bíblico cria inverdades na síntese descontrolada de listas de versículos e textos apócrifos que solapam a humildade dos crentes e os impedem de ouvir a Palavra de Deus.


Predomina, pois, a dedução. Os crentes que se consideram mais entendidos em Bíblia fazem a interpretação antes da compreensão. Não são servos da Palavra, apenas a usam para confirmar seus preceitos anêmicos, dogmas arrogantes e doutrinas tortuosas que não salvam, não santificam e não fazem frutificar.

Enquanto se relativiza a importância das Escrituras, colocando-se o estudo de dogmática e história da Igreja no mesmo patamar da Palavra de Deus, oremos por um reavivamento da Reforma, oremos por uma Igreja semper reformanda.
..........
José Bernardo, fundou e preside a Agência Missionária de Mobilização Evangelística - AMME, ministério que já ajudou mais de 50 mil igrejas em todo o Brasil a apresentar o Evangelho a mais de 130 milhões de pessoas.

Um comentário:

  1. a palavra é viva e eficaz,a alegria do Senhor é nossa força
    ter a compreenção da importancia desta palavra;requer que ferramenta como esta,estejam disponiveis com mais frequencia nas redes sociais

    ResponderExcluir

É bem vindo seu comentário que honre e exalte a santidade do Senhor.