13 de fev de 2016

Quem irá?

José Bernardo

Nossa igreja é formada por pessoas de classe média alta, e elas não vão sair por aí evangelizando, foi o que escutei do pastor de uma igreja em um bairro rico de certa capital brasileira. Ainda naquela semana falei com o pastor de um dos bairros mais pobres da mesma cidade. Nossa igreja é formada por pessoas pobres, que trabalham muito, ele me disse, e elas não têm tempo para evangelizar. Depois sugeriu que pagássemos para evangelizarem.

Tem sido assim nesses dezesseis anos à frente da Agência Missionária de Mobilização Evangelística - AMME. Muitas igrejas acham que nos estão fazendo um favor quando atendem a um treinamento ou recebem material Evangelístico que lhes doamos. Poucas são hospitaleiras ou se dispõem a ofertar para manter o ministério. Querem tudo de graça e fácil. Resistem até para aprender algo novo.


Com o tempo descobrimos a causa desse mal. É o efeito Éfeso: a Igreja Brasileira abandonou o primeiro amor e deixou de fazer o que é prioritário (Ef 2:4,5). É esse amor pelo Senhor Jesus que moveria a igreja nas obras de sua missão bíblica. Sem ele a Igreja se desvia e se perde. Então não nos desanimamos e nem nos deixamos abater. Em todo lugar e a todo momento, chamamos a Igreja de volta, trabalhamos e oramos para que seu amor pelo Noivo seja restaurado.
..........

José Bernardo é o fundador e presidente da Agência Missionária de Mobilização Evangelística – AMME evangelizar, ministério que já ajudou mais de 50.000 igrejas a apresentar o Evangelho a mais de 130 milhões de pessoas.

4 comentários:

  1. Triste mas verdadeiro. Grande parte dos crentes, que é a igreja, acostumaram-se a receber tudo com extrema facilidade, sem grande esforços, e como crianças mimadas se negam a pagar o preço de levar Cristo a todos que caminham sem O conhecerem de verdade.
    Percebo bem isso aqui também em Portugal, uma comodidade repugnante, um egoísmo vergonhoso, uma disposição para receber e já pronto, sem nenhuma motivação para dar. Sem dúvidas este status quo da igreja nos atinge e oro todo o tempo para Deus não me deixar desistir.

    ResponderExcluir
  2. Dou graças a Deus pela sua vida pastor!
    após ouvir uma palestra sobre evangelização Demos inicio a um projeto chamado "projeto Sorrir Kids" esse ano de 2015 alcançamos mais de 10 mil crianças em com a mensagem de Cristo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico alegre com isso, é para isso que vivemos.

      Excluir
  3. Quem não vive o Evangelho não evangeliza, faz propaganda religiosa. Então é doloroso ouvir do membro de uma das mais destrutivas seitas marginais, uma das mais distantes do Evangelho, que a 'igreja' dele é a que mais evangeliza. De fato, os filhos das trevas...

    ResponderExcluir

É bem vindo seu comentário que honre e exalte a santidade do Senhor.