13 de fev de 2016

Integridade missional

José Bernardo

Um grupo de jovens de várias igrejas, que evangelizam à noite em locais de grave condição social, veio me pedir um conselho. Lembrei a eles que o maior perigo no trabalho que realizamos é centralizar as ações ministeriais na necessidade humana. Toda vez que nos propomos a evangelizar para atender às necessidades das pessoas invertemos as prioridades, pervertemos a mensagem, investimos mal e deixamos de produzir os resultados que Deus quer.



Em um mundo que não glorifica a Deus, que preferiu adorar e servir a criatura ao invés do Criador, as necessidades humanas, seus direitos, interesses e desejos ocupam o primeiro lugar. Infelizmente grande parte da Igreja foi seduzida por esse pensamento, e isso inaugurou a religião do 'Bem estar'. Ser bom e fazer o bem para atrair boas coisas, esse é o outro evangelho que muitos anjos andam pregando.

Dou graças a Deus por aqueles jovens que prontamente se identificaram como verdadeiros filhos da obediência, prontos para colocar o Reino de Deus em primeiro lugar. Eles podem dizer como Paulo quando se propôs a ir a Roma, não para fazer trabalho social, mas com o propósito de pregar: "Pois não me envergonho do evangelho, porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê..." Rm 1:16. Nossa missão não é satisfazer necessidades humanas, nós pregamos o Evangelho para agradar a Deus.
..........

José Bernardo é o fundador e presidente da Agência Missionária de Mobilização Evangelística – AMME evangelizar, ministério que já ajudou mais de 50.000 igrejas a apresentar o Evangelho a mais de 130 milhões de pessoas.

Um comentário:

  1. Obrigado Bernardo. Teus pensamentos sobre questões espirituais e sobre o Reino nos ajudam imenso a não perdermos o foco.

    ResponderExcluir

É bem vindo seu comentário que honre e exalte a santidade do Senhor.