10 de fev de 2016

Soli Deo gloria

José Bernardo

A secularização é a fome; a vontade de comer é o ídolo desse povo. Chamam-se crentes, mas são inimigos da cruz: a finalidade deles é desconstruir, são dominados por seu estômago, têm orgulho do que devem se envergonhar e só pensam nas coisas terrenas.

Se alguém profetiza santidade, rotulam de dualista e maniqueísta. Seus olhos se ocupam de muitas coisas. Chamam de Reino de Deus a tudo quanto cobiçam. Não discernem entre o sagrado e o profano. Tudo para a glória de Deus, dizem, e torcem as Escrituras para justificarem sua malignidade.

O fato é que Paulo ensinava aos coríntios que deveriam escolher coisas que glorificassem a Deus, pois há coisas que o Senhor de tudo abomina. O ser humano não glorifica a Deus e somente sob o Reino dos Céus é que o crente pode escolher coisas que são conforme a vontade divina.

Ninguém glorifica a Deus pelos atos de sua humanidade. Deus somente é glorificado pelos frutos da proclamação de sua Palavra. Quando a doxa é comunicada àqueles que não conhecem a Deus, quando os ignorantes aprendem sobre o caráter daquele que nos trouxe para a luz, é assim que Deus é glorificado. Por isso a missão da Igreja e de todo crente é irmos por todo o mundo e proclamarmos o Evangelho a toda criatura.
..........

José Bernardo, fundou e preside a Agência Missionária de Mobilização Evangelística - AMME, ministério que já ajudou mais de 50 mil igrejas em todo o Brasil a apresentar o Evangelho a mais de 130 milhões de pessoas.

Um comentário:

É bem vindo seu comentário que honre e exalte a santidade do Senhor.