12 de fev de 2016

Avareza, idolatria

José Bernardo

‘Pensei que a Palavra de Deus era de graça’, foi o sarcástico comentário de uma mulher em uma postagem de divulgação que tratava do valor de inscrição em nossa escola de liderança para adolescentes. A verdade é que até mesmo a graça da salvação custou muito caro. Infelizmente, encontramos frequentes comentários desfavoráveis no levantamento de recursos para missões e muitos crentes que se recusam a contribuir com a obra missionária.



De fato, distribuimos a Palavra de Deus de graça quando outros pagam por isso. A comida e o abrigo, o material didático, a luz e a água, o salário dos obreiros, tudo isso custa, “E o que é instruído na palavra reparta de todos os seus bens com aquele que o instrui.” Gálatas 6:6. Embora se possa acusar os lobos que exploram o rebanho, quando olhamos com mais atenção, vemos que isso é apenas um pretexto para a má vontade em contribuir.

Estamos lidando com a avareza e a pregação de um evangelho que satisfaz os interesses humanos é impotente contra esse pecado. Embora os crentes ressuscitem com Cristo, eles ainda precisam mortificar os membros que estão sobre a terra para se livrarem desse e de outros pecados que atraem a ira de Deus. Para isso Paulo insistiu que os Colossenses buscassem as coisas que são de cima (Cl 3:1-10). Esse é o Evangelho do Reino.
..........

José Bernardo é o fundador e presidente da Agência Missionária de Mobilização Evangelística – AMME evangelizar, ministério que já ajudou mais de 50.000 igrejas a apresentar o Evangelho a mais de 130 milhões de pessoas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É bem vindo seu comentário que honre e exalte a santidade do Senhor.