9 de out de 2014

Objetividade


É impressionante a diversidade de atividades que centenas de organizações missionárias estão realizando em todo o mundo. Contudo, qualquer missionário da primeira metade do século e antes se surpreenderia com quão rara ou secundária é a evangelização no meio de tanta atividade. Ronaldo Lidório, falando no 7º CBM, lembrou que o Evangelho é Cristo e, portanto, evangelizar é falar de Cristo. Ele também explicou que foi o liberalismo teológico que fomentou, a partir dos anos 50, a ideia de que Evangelho e evangelização se referem à Igreja, produzindo o ativismo que, em minha visão, é muito mais como o marketing do que como o cumprimento da missão.

Infelizmente essa é a marca da obra missionária: em nome de Jesus a Igreja tem alimentado, vestido, educado, divertido, abrigado e curado milhões de pessoas em todo o mundo e, quando possível, se oportuno, sobrando tempo, fala-se de Jesus, o bom homem que quer proporcionar a felicidade dos direitos humanos às pessoas. A obra missionária deixou a objetividade de uma flecha para se tornar um intrincado jogo de sinuca. Quando tentamos explicar que o Evangelho é Cristo e que a evangelização é proclamar Cristo, as pessoas respondem com uma complexa explicação de como possivelmente farão isso por tabela, em múltiplos estágios, depois de diversas atividades que consideram igualmente importantes. Essa é outra realidade que não podemos ignorar em missões.

Pergunte aos profetas desse mundo, aos gurus dos negócios: até mesmo eles sabem da importância do foco, na necessidade de concentrar-se para obter resultados. Antes é melhor do que eles Jesus disse que os olhos são a luz do corpo, se olhamos somente para Jesus o nosso ser se ilumina, tudo fica claro e objetivo, mas, se olhamos em muitas direções ficamos na escuridão, confusos e perturbados. 'Não andeis preocupados', Jesus disse, e a Marta, 'uma coisa só é necessária'. Mas o Diabo parece saber que muitas vezes a melhor forma de diminuir é somar. Enquanto o inimigo tirou bens, familiares e até a vida dos crentes a missão bíblica da Igreja avançou, então ele resolveu adicionar.

Anseio por um retorno à simplicidade pois creio que é isso que o Senhor Jesus também quer: “Contra você, porém, tenho isto: você abandonou o seu primeiro amor. Lembre-se de onde caiu! Arrependa-se e pratique as obras que praticava no princípio. Se não se arrepender, virei a você e tirarei o seu candelabro do lugar dele." Ap 2:4,5. A complexidade, a burocracia, a divergência,  são sinais de envelhecimento e desgaste. Precisamos nos renovar, voltar ao primeiro amor e simplesmente ir por todo mundo para pregar Cristo a toda criatura.
..........
Para ser um Ceifeiro (intercessor/ mantenedor/ divulgador) da AMME evangelizar ligue (11) 4228 3222 ou envie um e-mail para ceifeiros@ammeevangelizar.org e um missionário da AMME ligará para você.
..........
Foto: Detalhe de South African Rock paintings in the Cedar Mountains.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É bem vindo seu comentário que honre e exalte a santidade do Senhor.