5 de fev de 2014

O presente

Leitura: 3'
Aos meus irmãos em Cristo, aqueles que têm me acompanhado na visão que recebi e na jornada que tenho empreendido para ajudar a Igreja Brasileira a cumprir sua missão bíblica de evangelizar todo mundo: alegria e paz no Senhor.

Logo, em 14 de março, completarei 50 anos de vida. Fiquei pensando no presente que gostaria de ganhar nessa ocasião e resolvi não ser comedido, afinal não é sempre que se celebra meio século de existência. Dentre todas as coisas boas e úteis em que eu poderia pensar, das mais valiosas e desejáveis, gostaria de receber cinquenta missionários para cooperarem comigo na mobilização evangelística da Igreja Brasileira.



Haveriam de ser 50 jovens e jovens adultos, que pudessem continuar produzindo os frutos que Deus quer, mesmo depois que eu me for daqui. Missionários, não somente para os espaços, mas também para os tempos.

Seriam 50 líderes dedicados à pregação e ao ensino para realizarem a obra de Deus através de outras pessoas. Multiplicando-se assim, nas pessoas que motivassem, treinassem, suprissem e acompanhassem, fariam uma obra muito maior do que agindo sozinhos.

Pessoas que tivessem uma visão para alcançar crianças, adolescentes e jovens e garantir a solidez e continuidade da Igreja de Cristo através das gerações, até Cristo voltar.

Homens e mulheres que fossem servos da Palavra de Deus; cheios de um santo desejo e reverente temor pelas Escrituras. Gente que lesse a Bíblia para praticar e ensinar a outros com palavras de vida.

Santos ao Senhor, que buscassem a pureza ainda, para serem vasos úteis para a boa obra de Deus; amorosos para com a Igreja que Cristo ama e zelosos para servirem no Espírito e apresentá-la como noiva sem mácula.

Sei que é pedir muito, mas também sei que a Deus nada é impossível. Por isso orem comigo. Essa é a oração que o Senhor da Seara deseja ouvir.

Seu para evangelizarmos todo mundo,

José Bernardo
AMME Evangelizar

Um comentário:

É bem vindo seu comentário que honre e exalte a santidade do Senhor.