20 de fev de 2014

Meio definitivo da libertação

A excelência do ensino em missões III
Leitura: 2'

A liberdade se tornou um direito tão procurado quanto fugidio. Cada vez mais identificada com a ideia de se fazer o que quiser, sem qualquer restrição, a liberdade parece contrária à existência de qualquer instituição. As pessoas voltam-se até mesmo contra a Igreja, de modo que pudores e melindres têm diminuído a pregação do Evangelho verdadeiro, para evitar a acusação de que é contrário à liberdade. O que Jesus disse sobre isso?

“Disse Jesus aos judeus que haviam crido nele: Se vocês permanecerem firmes na minha palavra, verdadeiramente serão meus discípulos. E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará.” João 8:31.

Jesus propôs que sendo seus alunos, através de seu ensino, as pessoas conheceriam a verdade e pela verdade seriam libertas. Depois Jesus diria ainda: “Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade.” João 17:17. Essas palavras provocaram as pessoas que haviam se proposto aprender com Jesus e elas se opuseram instantaneamente.
Não se consideravam escravos porque, como judeus, suas ideias e pensamentos não se submetiam à cultura greco-romana que fundamentava o Império.

Jesus fez aquelas pessoas verem que o ser humano só é escravo de si mesmo, de seus próprios desejos pecaminosos. Essa escravidão se torna ainda mais invencível na ilusão de liberdade. Somente o ensino da verdade pode realizar verdadeira liberdade. O trabalho escravo, a tirania, a exploração, a discriminação de qualquer tipo parecem tão horrorosos que ocupam completamente até mesmo muitos cristãos. Todos os dias os esforços humanos de libertação apenas levam as pessoas a outros tipos de escravidão. Você consegue ver além e perceber que o pecado de cada pessoa é seu maior opressor?

Para soltar os prisioneiros do medo, violência, ganância, vícios, discriminação, para libertar os humilhados, explorados, discriminados, ensinaremos a eles as palavras de Cristo, assim conhecerão a verdade e a verdade os libertará! “Portanto, se o Filho os libertar, vocês de fato serão livres.” João 8:36.
.....................
Para ver os outros artigos dessa série <clique aqui>.
.....................
Meu trabalho é mantido biblicamente: se tem sido uma bênção para você e deseja cooperar financeiramente, deposite sua oferta para José Bernardo, no Banco Itaú, ag. 3785, c/c 07051-1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É bem vindo seu comentário que honre e exalte a santidade do Senhor.