27 de fev de 2014

A família e a função dos filhos adolescentes

A função dos filhos dentro da família: preparando-se para constituir novas famílias.

Série: A família do Adolescente
Tempo de leitura: 3’12’’

Na família nuclear, sob os efeitos da urbanização abrangente, os filhos crescem para se distanciar, deixar o ‘ninho vazio’. A partir da adolescência eles são nitidamente uns apêndices na família formada pelo casal, meio parte, quase não. Obrigados a abandonar a ilusão de posse dos filhos, e eles mesmos confundindo independência com individualidade, todos separados pelo direito de privacidade, não se acha função para o filho na família. Quão distantes estamos das famílias que floresciam na mesma terra, no mesmo trabalho, na mesma fé, por gerações e por séculos.


Os filhos deixam de ser família muito cedo. Mesmo em nossa América Latina, foi-se o tempo de mais um andar para o filho que vai casar. Um mundo que jaz no maligno separa as pessoas e destrói o indivíduo social – é separar para vencer. Uma frequente trilogia aparece nos esforços de Paulo para manter a unidade dos membros no corpo: fé, esperança e amor. Esses três elementos mantém as pessoas juntas, quando sabem que isso é o certo, quando esperam que isso produza resultados, quando agem em prol disso. As grande cidades substituem a fé por ignorância, a esperança por sensações e o amor por diversão. Incapazes de ser família com seus pais, os filhos se tornam incapazes de ser família com alguém mais.

Como em um jogo de tênis como o pai e a mãe de cada lado da rede, os filhos deveriam pegar as bolas do jogo, ajudando e aprendendo a jogar, até encontrarem o seu próprio parceiro para a vida conjugal e então seus próprios ajudantes. Mediando esse jogo está a igreja, e torcendo como nuvem de testemunhas. Por todo lado, no entanto, isso não está funcionando bem assim. Às vezes os adolescentes estão fazendo o papel de adultos e cuidando dos pais em suas mesquinharias. Outras vezes não se sentem bem vindos porque não são mais crianças controláveis. Qual a função dos filhos na família?

Filhos arrependidos, vivendo uma vida de comunhão com Deus e santificação são membros do Corpo de Cristo que não podem ser desprezados. Em Cristo, cumprem funções importantes
para que a família viva como Deus planejou e produza o fruto que Ele quer. A igreja deve ajudar os adolescentes a acharem sua função espiritual na família, e estimular a cooperação entre eles e seus pais. Certamente comunicarem-se melhor é um bom início, depois valorizarem-se mutuamente como membros de um mesmo corpo e esperarem uns dos outros que se complementem espiritualmente, emocionalmente e até mesmo no esforço do dia a dia.

Ainda dentro desse tema devemos apresentar aos adolescentes ideias práticas de como podem cooperar para o bem de sua família, na intercessão, no compartilhamento da Palavra, nos sonhos, no trabalho, no suprimento emocional. O adolescente cristão deve estar consciente de que o sucesso em sua integração familiar é definitivo na construção de sua própria família anos mais tarde.
.......
Este será o tema do quinto dia da Conferência 'Fala Moçada' da Consciência Cristã Teen na segunda feira - 03/03/20014 - 19h às 21h. Depois os adolescentes serão encaminhados para o auditório principal para a palestra de Paul Washer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É bem vindo seu comentário que honre e exalte a santidade do Senhor.