18 de dez de 2007

Justiça demais

Pergunta: Em Eclesiastes 7:16 o autor fala sobre o perigo de ser demasiadamente justo. Qual a santidade adequada para que eu não venha me destruir tentando ser justo?

Conversando sobre santidade
Pergunta feita por um participante em nossos eventos.
Clique abaixo em "COMENTÁRIOS" para responder a esta pergunta.

2 comentários:

  1. Meu Irmão Marinheiro, eu entendo que quando nós confiamos em nossa própria justiça nós estamos previamente nos destruindo, porque não há um justo siquer, e assim a nossa justiça não tem valor algum. Portanto nós devemos confiar na justiça do Senhor, e a cada dia sem querer ser justiça, buscar a santidade de Deus, ouvindo a sua voz que diz: Sede Santo como Eu Sou Santo.
    Edgar Oliveira

    ResponderExcluir
  2. Imaginemos a seguinte situação: é alta madrugada; você está transitando com seu carro pelas ruas do subúrbio de uma cidade vilenta; o sinal fecha num cruzamento; você pára seu carro e percebe que não há perigo algum em prosseguir; mas um pedestre suspeito se aproxima. A QUESTÃO É: Você vai ser demasiadamente justo e continuar parado até o sinal abrir, ou vai avançar para não correr o risco de destruir a si mesmo? No meu entender devemos aplicar este versículo para situações como esta.
    A santidade precisa estar acompanhada de sabedoria. Caso contrário não passa de fanatismo.

    ResponderExcluir

É bem vindo seu comentário que honre e exalte a santidade do Senhor.