22 de out. de 2020

Coerência, não dualismo

José Bernardo.

Uma das causas da falha de liderança nos governos, é a concentração das responsabilidades de planejar e executar. Muitas empresas são mais eficientes do que os governos, até nos serviços reconhecidamente públicos, pois têm pessoas dedicadas a planejar, decidir e supervisionar e outras a produzir e distribuir. Mas esse dualismo não funciona nas regiões celestiais. Tiago, inspirado por Deus, estabeleceu que “Assim também a fé, por si só, se não for acompanhada de obras, está morta” Tg 2:17. Ele não disse que as obras salvam, mas que a fé para salvação se revela nas obras, ou seja, as ações revelam nossas convicções. ‘Faça o que eu digo, não o que eu faço’, ‘meu dom é glorificar, o seu é evangelizar’, são incoerências reprováveis na liderança ministerial. Não seja condenado naquilo que aprova. Certifique-se de que suas convicções gerem expectativas que impulsionem escolhas decisivas. Isto é liderança bíblica.

https://www.instagram.com/josebernardo.job/
#liderançacristã #liderançaevangélica #liderançabíblica

20 de out. de 2020

The desire for power

José Bernardo.

The leaders in this world are driven by the desire for power, especially over people or things, profit. Even religion and philanthropy become the means to obtain such power. The Bible, however, establishes a servant leadership, which does not seek power over people, and urges to gather treasures in heaven, renouncing power over material things. So what is the desire for power that motivates biblical leadership? Paul spoke to the Philippians about it: “But whatever were gains to me I now consider loss for the sake of Christ” Phil 3:7. The apostle wanted to win Christ in order to obtain the power that raised him and thus also achieve resurrection, that is, eternal life. Abandon power over people, reject power over things. Seek Christ's power for resurrection and new life. This is biblical leadership.

https://www.instagram.com/josebernardo.job/
#christianleadership #evangelicalleadership #biblicalleadership

O desejo de poder

José Bernardo.

Os líderes nesse mundo são movidos pelo desejo de poder, principalmente sobre as pessoas ou sobre as coisas, o lucro. Até mesmo religião e filantropia tornam-se meios para obter tal poder. A Bíblia, porém, estabelece uma liderança de servos, que não busca poder sobre as pessoas, e exorta a juntar tesouros no céu, renunciando ao poder sobre coisas materiais. Então, qual seria o desejo de poder que motiva a liderança bíblica? Paulo falou sobre isso aos Filipenses: “Mas o que para mim era lucro, passei a considerar como perda, por causa de Cristo” Fp 3:7. O apóstolo desejava ganhar Cristo para obter o poder que o ressuscitou e dessa forma também alcançar a ressurreição, isto é, a vida eterna. Abandone o poder sobre as pessoas, rejeite o poder sobre as coisas. Buscar o poder de Cristo para a ressurreição e nova vida. Isso é liderança bíblica.

Siga no Instagram
#liderançacristã #liderançaevangélica #liderançabíblica

19 de out. de 2020

Dignos de dupla honra

José Bernardo.

É comum ouvir o discurso vazio das lideranças mundanas dizendo que a empresa são as pessoas, sem que isso reflita na estabilidade dos empregos ou na distribuição dos lucros. Observa-se empresas permitindo degradar-se o moral de seu pessoal e perdendo a produtividade por ganância e mesquinhez. Desprezar os trabalhadores sufoca qualquer empreendimento. Infelizmente, muitos líderes cristãos não fazem diferente na Igreja e no ministério. A diminuição e desqualificação da força missionária é um dos sinais desse mal. Deus que delegou a missão de comunicar o Evangelho, também proveu o sistema de sustento: “Os presbíteros que lideram bem a igreja são dignos de dupla honra, especialmente aqueles cujo trabalho é a pregação e o ensino” 1Tm 5:17. Veja se os bois têm o que comer no celeiro que você lidera; certifique-se de que os trabalhadores nos campos que você supervisiona recebem salário digno. Isso é liderança bíblica.

Siga no Instagram
#liderançacristã #liderançaevangélica #liderançabíblica

18 de out. de 2020

The leadership treasure

José Bernardo. 

Societies are formed to accumulate wealth. No matter how wealth is measured or managed, when a group realizes that it does not increase, the social motive is lost, and cohesion falls apart. Jesus proposed a new society, the Kingdom of God, and on wealth, said: “But store up for yourselves treasures in heaven, where moths and vermin do not destroy, and where thieves do not break in and steal” Mat 6:20. This statute defines an economy different from worldly societies and distinguishes the Kingdom of God. When we commit to Caesar's system, we are unable to participate in the divine society. So, do not be seduced by wealth according to the world, "those who use the things of the world, as if not engrossed in them..." 1Co 7:31. May your heart and that of your followers value only what God values. This is biblical leadership.

#christianleadership #evangelicalleadership #biblicalleadership

O tesouro da liderança

José Bernardo.

As sociedades se formam para acumular riqueza. Não importa como a riqueza é medida ou administrada, quando um grupo percebe que ela não aumenta, perde o motivo social e desfaz-se a coesão. Jesus propôs uma nova sociedade, o Reino de Deus, e sobre a riqueza, disse: “Mas acumulem para vocês tesouros nos céus, onde a traça e a ferrugem não destroem, e onde os ladrões não arrombam nem furtam” Mt 6:20. Esse estatuto define uma economia diferente das sociedades mundanas e isso distingue o Reino de Deus. Quando nos comprometemos com o sistema de Cesar, não somos capazes de participar da sociedade divina. Então, não se deixe seduzir pela riqueza conforme o mundo, “os que usam as coisas do mundo, como se não as usassem...” 1Co 7:31. Que o seu coração e o de seus liderados valorizem somente aquilo que Deus valoriza. Isso é liderança bíblica.

Siga no Instagram 
#liderançacristã #liderançaevangélica #liderançabíblica

17 de out. de 2020

The relevant leadership

José Bernardo.

In a post-Christian, secularized and humanistic world, many Christian leaders seek, at all costs, some relevance toward people who despise the invisible and, therefore, the eternal. Churches try to survive in this world by doing politics and social projects, but, trying to save themselves, find nullity. About this search and lost, Jesus said: “My kingdom is not of this world... my kingdom is from another place” John 18:36. Peter, who at that time had not yet understood him, then would make his letters a survival manual “To God’s elect, exiles scattered...” 1Pe 1: 1, and Paul would declare, “But our citizenship is in heaven. And we eagerly await a Savior from there, the Lord Jesus Christ” Phil 3:20. Lead your church and ministry to renounce this world and seek what is spiritual and eternal. Do not seek approval from this world; it is God who justifies us. This is biblical leadership.

#christianleadership #evangelicalleadership #biblicalleadership

A liderança relevante

José Bernardo.

Em um mundo pós-cristão, secularizado e humanista, muitos líderes evangélicos buscam, a todo o custo, alguma relevância junto a pessoas que desprezam o invisível e, portanto, o eterno. Igrejas tentam sobreviver fazendo política e projetos sociais, mas, tentando salvar-se da nulidade, elas se anulam. Sobre isso, Jesus disse: “O meu Reino não é deste mundo... o meu Reino não é daqui” João 18:36. Pedro, que àquela altura ainda não o havia entendido, depois faria de suas cartas um manual de sobrevivência para os “eleitos de Deus, peregrinos dispersos” 1Pe 1:1, e Paulo declararia, “A nossa cidadania, porém, está nos céus, de onde esperamos ansiosamente o Salvador, o Senhor Jesus Cristo” Fp 3:20. Lidere sua igreja e seu ministério a renunciar este mundo e seu mundanismo, para buscarem o que é espiritual e eterno. Não procure aprovação do mundo; é Deus quem nos justifica. Isso é liderança bíblica.

#liderançacristã #liderançaevangélica #liderançabíblica

16 de out. de 2020

The power to lead

José Bernardo.

Leadership is established by the legitimacy of its power. People will always ask "Who made you ruler and judge over us?" Ex 2:14. New generations question the legitimacy of the Church's power to 'impose' its faith through evangelization. The difficulty in responding to such question disrupts our mission and identity. However, when Jesus defined the mission, he also established the legitimate power to carry it out: “Then Jesus came to them and said, “All authority in heaven and on earth has been given to me. Therefore, go and make disciples” Mt 28: 18,19. The legitimate power of the Church resides in the person of Christ. The authority of the Church is to be the Body of Christ. To exercise it, we must let Christ live in us. Make sure you feel, think and act like Christ, that is where stands your authority to lead, to show others the way they should follow. This is biblical leadership.

#christianleadership #evangelicalleadership #biblicalleadership

O poder para liderar

José Bernardo

A liderança se estabelece pela legitimidade de seu poder. As pessoas sempre perguntarão “Quem o nomeou líder e juiz sobre nós?” Ex 2:14. As novas gerações questionam a legitimidade do poder da Igreja para ‘impor’ sua fé através da evangelização. A dificuldade em responder a isso desarticula nossa missão e identidade. Porém, quando Jesus definiu a missão, ele também estabeleceu o poder legítimo para realizá-la: “Então, Jesus aproximou-se deles e disse: “Foi-me dada toda a autoridade nos céus e na terra. Portanto, vão e façam discípulos” Mt 28:18,19. O poder legítimo da Igreja reside na pessoa de Cristo. Para exercê-lo é preciso deixar que Cristo viva em nós. Certifique-se de sentir, pensar e agir como Cristo, nisso reside sua autoridade para liderar, para mostrar aos outros o caminho em que devem andar. A autoridade da Igreja é ser o Corpo de Cristo. Isso é liderança bíblica.

#liderançacristã #liderançaevangélica #liderançabíblica